A Vida não acaba, apenas muda de plano

31-01-2011 14:09

 

    Neste mundo a grande maioria das pessoas não têm a compreensão correta de como é após a morte. Muitas são as suposições, várias são as religiões que construíram ideais do outro plano para criar um pensamento junto a seus fiéis, mas qual será a mais correta? Qual aquela que mais se aproxima da verdade?

 

    Não tenho a pretensão de afirmar como é após a morte, apenas tenho um pensamento que desejo compartilhar com todos, conquistado a partir de estudos feitos através de leituras da doutrina espírita principalmente, mas também por reflexões contempladas, tendo como subsídio vários conhecimentos adquiridos em muitos lugares de aprendizado como, faculdades, bibliotecas, Escolas Religiosas de outras vertentes e outros.

 

    A vida continua, e todos são conduzidos a seus planos específicos após a morte da carne, pelos créditos e débitos adquiridos através de suas próprias atitudes durante sua vida terrena. Aquele ditado que fala assim: “...A gente colhe aquilo que planta...”, é exatamente assim, germinado a partir da adubação pelos pensamentos e pelas escolhas que fazemos, nosso destino após a morte da carne é construído por nós mesmos, e o plano para o qual cada um irá, corresponde com aquilo a que merece por escolha própria através das atitudes de que teve na Crosta Terrestre.

 

    Existem planos de luz, alegria e crescimento, assim com também existem planos de escuridão, tristeza e sofrimento, planos estes que podemos passar longos anos até conseguirmos conquistar aprendizado edificante, na maioria das vezes através da dor e do remorso. Mas sempre existe a possibilidade de encontrarmos saída para um plano melhor, de luz, basta enxergarmos esta luz divina com fé, através da humildade e do chamado sincero por JESUS.

 

    Quanto mais estudarmos, e fizermos por nós mesmo e pelo próximo, de acordo com os princípios ensinados pelo Mestre JESUS CRISTO, maior será nosso aprendizado e nosso crédito diante da vida, e as leis da natureza conspirarão a nosso favor, nos orientando e nos conduzindo para um caminho de belezas inimagináveis, que por direito nos são destinadas e entregues em doses homeopáticas, conforme formos acertando e vencendo nossos erros e falhas. O amor é o maior veículo para encontrar a luz divina, mas o amor sincero e puro, tenro e morno, aquele que traz o bem a todos independente de seus pecados, o amor que liberta, que ensina o perdão, a compaixão, a fraternidade, a amizade, a luta constante contra o mal de maneira serena e paciente.

    

    Para entendermos os mundos em seus diversos planos é necessário o estudo constante e diário, pois somente assim é que teremos o merecimento de visualizarmos de maneira mais clara e compreendermos os mistérios da vida. Assim, digo a todos que sempre estarei disponibilizando material neste espaço, mas a atitude depende de cada um, sendo positiva, otimista e determinada.

 

Abraços a todos,.....................................José Luiz.